79386981_2467369003331776_4272768280789254144_n_edited.jpg

Paróquia Nossa Senhora de Lourdes

 

No ano de 1925, o Padre La Torre, missionário Francês, constituiu uma comissão para a Construção de uma igreja maior a fim de se tornar matriz. Essa comissão se reuniu durante algum tempo até conseguirem o lançamento da Pedra Fundamental com a presença do Bispo de Botucatu.
Neste tempo por meio da Constituição Apostólica Sollicitudo Universalis Ecclesiae de 30 de Novembro de 1928, pelo Papa Pio XI, foi desmembrada da Diocese de Botucatu, atualmente Diocese de Assis. Assim sendo, o distrito Água do Pau D’Alho tornou-se responsabilidade da então Diocese de Assis.
Francisco Duarte e sua digníssima esposa doaram à Diocese uma área de 60×60 metros para a construção na nova capela. Tal doação foi realizada e passada em cartório no dia 18 de julho de 1935.

A Igreja ficou belíssima e embora menor, foi uma réplica da Igreja de Lourdes na França. Na época, foi dedicada à Nossa Senhora de Lourdes por causa da grande devoção popular na região e também foi entronizada juntamente com a Santa a Imagem de São Sebastião.

A Capela Nossa Senhora de Lourdes do distrito de Água do Pau D’Alho ficou sob a responsabilidade da Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio do município de Salto Grande.

No dia 30 de outubro em que o Martirológico Romano Celebrava São Geraldo, bispo de Potenza, juntamente com os santos e os bem aventurados: São Serapião de Antioquia, São Marcelo Centurião, São Astério, São Germano de Cápua, Bem Aventurado Benvenuta de Cividale, Bem Aventurado Dorotéia de Montau, Bem Aventurado. Ângelo de Acri, Bem Aventurado Aleixo Zaryckyj e Bem Aventurado Terêncio O’Brian; por Mercê de Deus e para o bem do povo santo de Deus, Dom Antônio José dos Santos no ano de 1955 fundou a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes no distrito de Água do Pau D’Alho.

Em 1939, ocorreu a primeira visita pastoral à paróquia sendo feita pelo mesmo bispo que a fundou. Nesta época, ainda não se tinha a casa paroquial, o que na ocasião foi solicitado pelo bispo a construção da residência.

Com o pedido feito pelo bispo, iniciou-se a construção da casa paroquial que, somente em 1958, foi inaugurada pelo Padre Adolfo Emerich.

No ano de 1970, o Padre Pio Matuzalém iniciou uma grande reforma na paróquia, desmanchando toda a Igreja e mantendo apenas a torre e uma parte da fachada da Igreja antiga, gerando grande conflito em toda comunidade. A reinauguração ocorreu somente em 10 de outubro de 1991.

Em seguida, após a demolição da Igreja foi realizada a reconstrução da nova casa paroquial, que foi construída em um projeto vanguarda para a época, inspirando varias residências posteriores.

Em 1978,  o Padre Maurílio Marques iniciou a construção da Capela Nossa Senhora Aparecida no Bairro do Ribeirão Vermelho.

Em 30 de dezembro de 1998 foi criada a Diocese de Ourinhos pelo Papa João Paulo II, pela Constituição Adaptius Consulendum, tendo como seu primeiro bispo Dom Salvador Paruzzo, que está até hoje coordenando o Clero. Seu território foi composto por regiões desmembradas das dioceses de Assis e Itapeva, além de integrar a Arquidiocese de Botucatu .

Em 19 de março de 1999, Dom Antonio Mucciolo, Arcebispo de Botucatu, ordenou na cidade de Vargem Grande Paulista, o primeiro bispo de Ourinhos.

Dois dias depois, a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes participou da posse do novo bispo sendo representada pelo Padre Silvio Eduardo Cardozo, Angelo Biazi, Ivone Biazi, Joana Batistina Fernandes, Terezinha Mendes Pereira e Elídia Mendes Martins.

Em 15 de Julho de 1999 inaugurou-se o Asilo Padre Adolfo Emmerick contando com a presença dos bispos Dom Salvador (Ourinhos) e Dom Antonio (Assis), Padre Silvio e a Congregação das Irmãs Nossa Senhora da Consolação, consagrando a Capela ao Senhor Bom Jesus, em consonância com a nova Diocese.

79386981_2467369003331776_42727682807892
pnsl-nossa-historia-4-300x210.jpg
 

©2020 por Conheça Ourinhos e Região. Orgulhosamente criado com Wix.com